UFF entrega estudo para evitar a expansão das áreas de risco ao secretário Nacional de Defesa Civil

Deslizamento de terra
Imagem meramente ilustrativa.

Da redação

O secretário Nacional de Defesa Civil, coronel Renato Newton Ramlow, recebeu das mãos do secretário de Defesa Civil e Ações Voluntárias, coronel Paulo Renato Vaz, o projeto elaborado pelos professores da Universidade Federal Fluminense (UFF) que busca evitar a expansão das áreas de risco da cidade. A proposta está baseada em três eixos: prevenção e mitigação de riscos, gestão de operações e gestão de conflitos e educação ambiental e foi orçado em R$ 3,7 milhões de reais.

Os locais escolhidos foram definidos com base no estudo do Serviço Geológico do Estado do Rio de Janeiro (DRM), que mapeou os bairros na época da instalação das sirenes do Sistema de Alerta e Alarme – 24 de Maio, Alto da Serra, Bingen, Dr. Thouzet, Independência, São Sebastião, Sargento Boening, Siméria e Vila Felipe. O projeto prevê a instalação de sensores que indicam o escorregamento de massa e de um sistema de controle para o monitoramento de encostas em tempo real. 

Durante o encontro, o coronel Renato Newton comentou sobre a proposta. “Existe a crise e consequentemente a redução do nosso orçamento. Mas precisamos levar em consideração que é um projeto em uma das cidades com mais risco de desastres naturais no país”, disse.