Pitbull é preso por homicídio do cabo Rafael dos Santos Castro

Douglas de Oliveira da Conceição
Apenas "Pitbull" foi encontrado pela Polícia pelo envolvimento na morte de sargento.

Da redação

O assassino Douglas de Oliveira da Conceição, conhecido como “Pitbull”, 21 anos, foi preso por policiais da Delegacia de Homicídios da Baixada Fluminense (DHBF) em cumprimento ao mandado de prisão temporária, expedido no plantão judiciário, pelos crimes de homicídio qualificado e tentativa de homicídio qualificado.

DenuncieO delegado Luís Otávio Franco informou que, na última quinta-feira (01/02), após serem acionados via radio para atenderem ocorrência de roubo de carga, policiais militares da P2 do 21ºBPM surpreenderam diversos marginais portando armas de fogo em frente ao endereço informado no rádio. Após perseguição e troca de tiros, o sargento Alexandre de Souza Da Silva foi ferido por dois disparos de raspão na cabeça e o cabo Rafael dos Santos Castro foi ferido por três disparos, vindo a óbito logo depois no PAM de Éden, em São João de Meriti-RJ.

Além de Douglas, outros criminosos que estavam na ação também foram identificados: Thalisson Guimarães Coelho da Silva, conhecido como “Orelha PQD”, o adolescente Y. M. B. S., conhecido como o “Di Raça”, Cristiano Alexandre Braz de Assis, conhecido como “Chaninho”, Gustavo Ferreira de Oliveira, conhecido como “Gú ou Morte” e Davi Miranda da Cruz, conhecido como “Amoroso”, gerente geral da Comunidade do Buraco Quente.

Amoroso, Chaninho e Orelha, respectivamente o codinome dos foragidos da Justiça.

Thalisson, Cristiano, Gustavo e Davi são considerados foragidos da justiça. Contra eles há mandados de prisão temporária pendentes. As equipes policiais estão em diligências visando à captura dos foragidos.