Didi Chuxing negocia a compra do aplicativo 99

Didi Chuxing negocia a compra do aplicativo 99

Da redação

O aplicativo chinês de transporte Didi Chuxing, conhecido como “Uber chinês”, vai comprar 100% do controle acionário da startup brasileira 99, que atualmente possui valor de mercado estimado entre US$ 800 milhões e US$ 1 bilhão. As informações são do jornal Estadão.

Em comunicado oficial, a 99 não confirmou a transação, mas também não negou. “A respeito de informações de mercado publicadas pela imprensa, a 99 informa que se manifestará em momento oportuno”, disse a empresa. Os atuais diretores da 99, Paulo Veras, Renato Freitas e Ariel Lambrecht devem permanecer em seus cargos.

Atualmente, o controle acionário do aplicativo 99 contempla aproximadamente 50% já em posse da Didi Chuxing, quando a empresa investiu mais de US$ 100 milhões durante uma rodada de investimentos ocorrida no primeiro semestre de 2017. Na mesma ocasião, o grupo japonês SoftBank também garantiu mais US$ 100 milhões em investimentos. Assim, o Softbank e os outros fundos que integram a 99 deixam de compor o controle acionário do App.

Com a conclusão da negociação, a expectativa é de que, futuramente, a 99 passe a concorrer em preços com o Uber, o que lhe deve conferir importante recuperação no transporte individual de passageiros.